O processo de Orientação Profissional (OP) é um importante facilitador para a boa escolha profissional. Escolher significa optar por uma dentre as possibilidades e fazer uma ‘boa escolha’ vai além, pois leva em consideração o máximo dos aspectos envolvidos. A OP leva os participantes a refletirem sobre si mesmos proporcionando autoconhecimento (conscientização sobre sua personalidade, motivações, valores, desejos, angustias e temores) e o reconhecimento das dificuldades que impedem sua decisão. O objetivo final da OP é, portanto, dar condições para que a própria pessoa decida sua profissão, ajudando-o a ponderar as determinações envolvidas em sua opção.

Quando Devo Procurar Orientação Profissional?

  • Pessoas prestes a ingressar no Ensino Técnico ou Superior;
  • Desejo de trocar de curso Técnico ou Superior;
  • Ingressar no mundo profissional ou mudar de profissão;
  • Prestes a ingressar na aposentadoria.

Como acontece um processo de orientação profissional?

A OP é um conjunto de procedimentos que nos permite avaliar quais percursos acadêmicos ou profissionais mais indicados, tendo em conta os seus interesses vocacionais, personalidade, preferências e capacidades. A OP terá de 8 a 12 sessões que poderão ocorrer de duas maneiras, individualmente ou em grupos. O Cronograma será montado respeitando as datas das principais atividades relacionadas (como a inscrição para vestibulares, mostra de profissões, período de isenção de taxas, dentre outros).

É dividido em quatro momentos principais: 

I – Compreensão do processo. Momento de dúvidas tanto em relação as escolhas quanto ao processo que se inicia. Esclarecimento e organização das ideias.

II – Autoconhecimento. Entrevistas de exploração e produção de material com foco no autoconhecimento: interesses, aptidões, habilidades, competências, valores pessoais, escolha e realidade.

III – Identidade Profissional. Levantamento de informações que favoreçam a escolha. Avaliação da inclinação profissional. Apresentação das Universidades, cursos, profissões, mercado de trabalho e suas tendências.

IV – Encerramento. Conclusão e avaliação do processo e da capacidade de escolha.

 

Selecionados para você:

Psicóloga Júlia Belo Horizonte
Júlia Maria Alves

Psicóloga | CRP 04/30.282

Graduada pela UFMG e pós-graduada em Gestão de Pessoas pela Fundação Dom Cabral. Atua na Diálogo com Psicoterapia de Adultos e Idosos; Orientação profissional e de carreira. Experiência nas áreas de Psicologia Organizacional, atuando com Gestão do Relacionamento e Desenvolvimento de Gestores.

Contatos: (31) 98590-2535 | julia@dialogopsi.com.br