Quem sonha acordado com frequência é normal?

A vida é difícil, temos que lidar com muitas coisas no nosso dia-a-dia. De questões mais simples a questões mais complicadas decidimos os caminhos que traçamos. Ao longo desse percurso nos deparamos com stress, medo, frustração, e uma incrível quantidade de possíveis escolhas e de suas possíveis consequências para as nossas vidas. Privilegiamos algumas em detrimento de outras, consciente ou inconscientemente. Encaramos algumas coisas, outras nos escapam, e algumas outras nós tentamos escapar.

Hora ou outra nos perdemos em nossos pensamentos. Quando menos se espera, já estamos em uma praia deserta até sermos roubados novamente pelas buzinas de carros no trânsito; ou quando planejamos o que fazer com todo o dinheiro da mega-sena enquanto o seu chefe continua a gritar no pé do seu ouvido; ou ainda quando se está cantando na cabeça uma música enquanto o professor está dando aula.

 

NÓS FANTASIAMOS OUTRAS POSSIBILIDADES

Nós fantasiamos até mesmo quando não sabemos que estamos fantasiando. É algo que foge ao nosso controle, este é o nosso jeitinho de perceber o mundo. Assim como em uma lente de uma lupa ou de uma máquina fotográfica, damos foco, realçamos cores e iluminação, trazemos um objetos para foco e distanciamos outros, dando forma ao nosso campo de visão, nos permitindo assim enxergar (e sermos vistos) através desta lente.

É um processo natural e fundamental para a nossa vida psíquica. Integra idéias, sentimentos, interpretações, memória, nos estrutura, nos organiza e organiza também o mundo a nossa volta.

O devaneio é mais do que se deixar levar pela nossa imaginação. Habitamos e somos habitados por um imaginário.  Quando perdidos nos pensamentos temos uma satisfação ilusória para os nossos desejos não realizados ou reprimidos, uma espécie de satisfação substitutiva.  Isso é algo que acontece no nosso dia-a-dia, onde “ não faltam tentativas de substituir uma realidade desagradável por outra que esteja mais de acordo com os desejos do indivíduo.” (Freud, 1924)

 

NÃO VIVEMOS EM DOIS MUNDOS, UM DENTRO E OUTRO FORA DE NOSSAS CABEÇAS, MAS ELES COEXISTEM O TEMPO TODO.

Precisamos de mecanismos como este para poder viver e lidar com a realidade dentro e fora de nós, para poder deixar a realidade mais aceitável. As fantasias podem variar de pessoa para pessoa e em diferentes momentos de nossas vidas, desde algo mais simples como ir a praia, até algo mais complexo como viver dentro de um livro de fantasia medieval.

Devanear não é loucura, as vezes é o nosso último recurso para lidar com aquela aula super chata. O problema ocorre quando devaneamos em excesso, causa estranheza às pessoas ao nosso redor e até a nós mesmos. Dificultando nossas relações, nos desgastando gerando insegurança, ansiedade e angústia.

 

NÃO EXISTE REALIDADE TEDIOSA, MAS SUJEITOS ENTEDIADOS

Assim o devaneio vira uma poderosa arma para lidar com este estado. O mundo não para quando devaneamos. Quando ocorre em excesso as nossas tarefas e objetivos acabam ficando cada vez mais distantes de serem cumpridas; e normalmente pessoas que fantasiam de mais tem maiores dificuldades de lidar com as coisas de maneira prática. Assim geram um alto nível de auto-cobrança e postergam mais suas tarefas e objetivos, cria-se uma bola de neve. Devanear em excesso pode configurar um estado patológico, assim como pode ser a única medida do sujeito para lidar com determinada situação.

Ao devanear nos afastamos da realidade, mas sem devanear, não conseguimos inventar e desejar realidades diferentes. A verdade é que o devaneio é normal para o ser humano e diz muito sobre o nosso estado psíquico, frustrações e o modo que lidamos com as coisas, mas acima de tudo diz muito sobre os nossos desejos não realizados ou reprimidos. Ao devanear somos capazes de sonhar acordado, atravessar as barreiras de censura psiquica. Assim vivenciando o desejado de maneira utópica, podendo nos satisfazer mesmo que parcialmente através desta fantasia.

O que escolher? Cada uma dessas posições tem seus ganhos e perdas. A resposta vai ser diferente para cada pessoa, tornando-a única a partir da sua história, experiências de vida e o seu desejo.

 

Selecionados para você: